seis meses de veganismo

Depois de retirar os bichos mortos do meu prato, comecei a assistir vários vídeos sobre fazendas leiteiras. Como sou veterinária já tinha visitado estas fazendas algumas vezes durante a faculdade, mas é estranho, na faculdade eu parecia distante dos animais, eu os via como os carnistas vêem, como coisas, não como seres vivos , com sentimentos. Eu me envergonho muito disso hoje, e ao mesmo tempo acho que não teria conseguido terminar a faculdade se naquela época eu pensasse e sentisse como hoje.

As vacas leiteiras sofrem IMENSAMENTE mais do que as vacas e bois de abate. Porque estes últimos, com exceção dos criados internamente, vivem soltos ate o momento do abate. Vou fazer um adicional aqui pra lembrar que os porcos, que são três vezes mais inteligentes que os cachorros, vivem suas vidas MISERAVELMENTE ate o momento do abate. Os porcos e as galinhas são sem duvida os animais que MAIS sofrem na industria da morte.

As vacas leiteiras para produzirem seu leite são inseminadas artificialmente (literalmente estupradas) e após o nascimento do bezerro, este é retirado de perto dela, sem que ela tenha a chance de cuidar dele. (o bezerro é preso em correntes ou em gaiolas e é depois morto para ser vendido como carne de vitela)

Após esta experiência no mínimo traumática, uma mãe que não tem a chance de cuidar do seu próprio filho, ela tem seu ubere (suas tetinhas) envolvido em aparelhos de sucção ou é ordenhada manualmente diariamente (varias vezes ao dia), tendo seu leite então roubado dela e seu corpo traumatizado pelos aparelhos ou por mãos humanas. O ubere das vacas leiteiras está constantemente propenso à ter infecções por estes traumas, a chamada mastite, e contra isso é dado à estas vacas quantidades grandes de antibióticos, transformando o seu leite roubado em literalmente uma mistura de pus e antibióticos.

Como do leite roubado vem os queijos e a manteiga e todos os outros derivados acho desnecessária qualquer explicação posterior do porque de não consumir mais estes produtos. Se depois de saber de todo este sofrimento você continua consumindo, infelizmente, você não tem alma.

Alem do leite e derivados também não como mais ovos. Como já disse antes, a criação de galinhas é uma das mais cruéis que existe. Na maioria dos casos elas são colocadas em gaiolas superlotadas , passam por superexposição à luz para aumentar seu consumo de comida, e tem seus ovos postos em canaletas. Dai você para pra pensar: os ovos são os filhotes das galinhas, e elas não tem sequer a chance de fazer um ninho ou cuidar dos ovos, elas sequer sabem que os ovos não estão fertilizados, elas só sofrem, continuamente, durante toda a sua vida para terem seu ovos roubados. Este sofrimento todo vale seu ovo no prato? Se você acha que vale, seu pecado é sua própria existência. E só pra lembrar mesmo as galinhas criadas fora das gaiolas também sofrem durante toda a sua vida.

Recomendo assistir os vídeos (disponíveis no youtube) A Carne é Fraca e Earthlings

Só não consegui ainda descobrir como ser uma vegana sem raiva, parece simplesmente que meus olhos foram abertos subitamente e vejo todos os outros cegos e rindo de mim, como se eu estivesse louca, e eu vejo que todos eles é que estão loucos, por usarem, torturarem, estuprarem e matarem os animais que NÃO são nossos!!!

Sim, é possível viver uma vida sem usar nenhum produto de origem animal, basta acreditar , amar e QUERER! (suplementos únicos que eu uso: ferro e vitamina B12)Produção1

Mude o mundo

seja vegan

Um ano de vegetarianismo

Um ano depois de parar de comer bichos mortos, tive anemia ha dois meses atras, por pura falta de vergonha em balancear a dieta ao invés de ficar comendo so miojo e frutas. Agora tomando complexo vitaminico e ferro todos os dias estou ótima, e nunca me senti tao leve e tao bem.

Um geladeira e um armário sem nenhum cadáver realmente é um alivio, saber que nao como nenhum bicho morto me traz paz, como se meu estômago ficasse feliz cada vez que eu me alimentasse.

Outro dia abri o freezer de uma amiga e me senti realmente mal, tudo o que havia ali eram pedaços de bichos mortos, é engraçado como hoje aquilo que seria um banquete me revolta, pois vejo ali animais mortos, animais que sofreram, foram torturados e depois mortos, e entao esquartejados e vendidos como comida.

Sentir cheiro de churrasco é bom? Hoje eu sinto as vezes bom as vezes nao, e falar que comer carne é ruim nunca foi a verdade. Nunca disse que nao era gostoso, porem mais gostoso ainda é saber que hoje nao faço parte deste ciclo de exploração e morte de criaturas inocentes que tiveram o azar de nascer no mesmo planeta que nós.

Ouvir a mesma ladainha todos os dias , mas é da natureza, é o ciclo da vida, nao podemos viver sem carne, muitas vezes realmente me enche o saco. Ficar explicando o que pra mim hoje é tao obvio: eu nao quero mais comer bichos mortos e fim! Aceitem isso, parem de me dar desculpas, NAO EXISTE DESCULPA! Quem come carne pra mim hoje é um ser egoísta e ignorante, alguém que põe o estômago antes da vida dos outros seres. Simples assim.

É um sacrifício no primeiro momento? sim , é, mas eu quero este sacrifício, este sacrifício nao é NADA perto do que vale a vida de um animal, qualquer animal, uma vaca, uma ovelha, um porco, um coelho, um peixe, um camarão, uma ostra….

Eu tentei algumas vezes comer carne após minha decisão, e TODAS as vezes eu vomitei momentos depois. Psicológico ou nao hoje nenhum animal morto é tolerado pelo meu estômago.

E estou muito muito feliz por hoje completar um ano, um ano do resto da minha vida sem cadáveres no meu prato.

E agora estou pegando um bode de leite. Nao so pelo sofrimento das vacas na ordenha, por viverem presas e escravizadas para usarmos o seu leite. Mas uma certa aversão por algo que agora começa a parecer antinatural pra mim. Eu nao sou um bezerro, porque me alimentar do leite de uma vaca?

Aos poucos estou trocando o leite e os queijos e o requeijão e o creme de leite e o leite condensado por equivalentes de soja… e esta troca esta me fazendo melhor ainda, me sinto ainda mais leve, porque agora nao so a morte mas também a escravidão estão fora do meu cardápio.

O que mais me incomoda no entanto continua a ser as outras pessoas, mas como podemos mudar o mundo se nao agirmos diferente e segundo o que acreditamos?

Que todos acordem como eu acordei, que todos vejam que nao somos carnívoros, e que a vida sem sofrimento e sem morte é muito mais leve.soñar-con-vaca-300x225

Duas Questões

Vamos começar de maneira simples: o que diferencia um organismo vivo de um morto?

calor

calor é energia

vida é então a energia que vivifica um organismo uni ou multicelular.

energia produz ondas eletromagnéticas.

variações de energia produzem variações nas ondas eletromagnéticas.

Todo organismo vivo produz então ondas eletromagnéticas ao redor de si, ele emite estas ondas continuamente e estas ondas variam em freqüência e comprimento conforme alterações nesta energia.

Coisas que podem causar estas variações: doenças, variação de temperatura, stress, dor, medo, raiva, e emoções mais sutis como inveja, ciúme, saudade, malícia, mágoa, tristeza.

Nossa mente emite ondas eletromagnéticas com nosso pensamento, podemos dizer que o próprio pensamento em si são variações destas ondas.

Do mesmo modo que estamos constantemente emitindo estas ondas estamos também RECEBENDO estas mesmas ondas vindas dos outros seres viventes.

E o resultado destas interações de emissão e recepção de ondas são explicadas pelas leis da física ondulatória, simples assim, não ha esoterismo, exoterismo, religiosidade, nenhum misticismo nisso, apenas pura e simples física ondulatória.

Existem então ondas que se anulam, ondas que se somam e se tornam maiores, estamos constantemente interferindo na mente dos outros e sendo alterados na nossa própria mente pelo pensamento alheio.

O que quero que vocês questionem aqui são duas coisas:

esta energia que fornece o calor dos seres viventes é algo espontâneo ou é advindo de algo superior?

e esta energia no momento da morte simplesmente desaparece ou pode permanecer na forma de um pensamento sem corpo, uma alma ou espirito, que pode ir para outros planos de existência ou ate mesmo nascer novamente se ligando á um novo corpo em gestação?

pensem e reflitam nestas duas questões, pois nelas podem estar a resposta para tudo que é mais importante neste mundo: o PORQUE de existirmos.

São Paulo 20/06/2014

Ilizandra During

Kabbalah – Anjos (Sephirots)

Kabbalah – transmitir conhecimento esotérico através da palavra

Sephirots: anjos que são manifestações de Deus

São 10 os Sephirots, e o primeiro dá origem à todos os seguintes

1 – KETHER – Coroa

2 – CHOKMAT – Sabedoria

3 – BINAH  – Inteligência

4 – CHESED – Misericórdia

5 – GEBURAH – Força

6 – TIPHERET – Beleza

7 – NETZACH – Vitória

8 – HOD – Esplendor

9 – YESOD – Fundamento

10 – MALKUTH  – nosso universo material

 

O ABSOLUTO é a origem de todas as coisas, a existência negativa ou o nada. O Ilimitado abismo da Glória, que possui 3 véus: AIN, AIN SOPH e AIN SOPH AUR

AIN – o negativamente existente

AIN SOPH – o ilimitado sem forma

AIN SOPH AUR – a luz ilimitada

 

1) AIN SOPH – KETHER

é o mais elevado Sephira da Árvore da Vida ou árvore Saphirotal, representa a COROA.

AIN SOPH AUR representa todos os 9 Sephiras restantes, os pensamento – semente ocultos. São representados por anjos ou deuses.

A Coroa é o OCEANO ILIMITADO DE LUZ, e este dá origem aos outros 9, sendo o último o que vemos como a natureza manifestada, o REINO, MALKUTH.

Os 10 juntos representam a emanação e desenvolvimento das forças do ABSOLUTO.

KETHER representa ADÃO, que é um nome coletivo, vibra através da matéria e gera o gênero feminino, do qual emanam toda a criação e todos os seres.

Sua representação angélica é de ARCANJO CHEFE, METATRON, (o Príncipe das Faces, El Shaddai), é a nuvem de Glória que paira sobre a Arca da Aliança.

ANJOS são as santas criaturas viventes, os AGENTES DO KARMA dos hindús, neles se iniciam os movimentos giratórios que formam os átomos primordiais, pela força primordial ou FOHAT, a ENERGIA VITAL DO UNIVERSO, cujo símbolo é semelhante à suástica (que Hitler virou ao contrário e tornou símbolo da Alemanha Nazista, não por acaso, Hitler estudava a Kabbalah e os Vedas).

Esta energia é então transmitida ao segundo anjo: AUPHANIN.

 

2) CHOKMAT/ AUPHANIN

é o segundo anjo ou Sephira, representado pelo gênero masculino e pela sabedoria. Dele é produzido EVA e seu representante angelical é RATZIEL, o deleite de Deus.

É denominado RODAS, pois dele se origina a direção do movimento da força primordial dos átomos, o PRIMUM MOBILE, primeiro movimento. (por esta razão os CHAKRAS que são os pontos de recepção desta energia no nosso duplo têm este movimento giratório que é mais intenso quanto maior for sua energia)

Esta ordem representa o ZODÍACO e os Anjos Planetários.

 

3) BINAH

é o terceiro Sephira, feminino e passivo, representa a Inteligência, a Compreensão, a EVA, que combinada com o pai mantém a conservação do universo. Seu anjo é TTZAPHQIEL, aquele que contempla Deus, os TRONOS. Este Sephira está no mesmo paralelo que o segundo, pois juntos ao primeiro formam o triângulo primário, a TRINDADE. Os 7 Sephiras que seguem são responsáveis pela sustentação deste triângulo, que mantém o mundo material que conhecemos.

A união de CHOKMAT  e BINAH produz o SUPREMO CONHECIMENTO (DAATH).

4) CHESED

Resultado da união dos dois anteriores, é uma potência masculina ativa. A MISERICÓRDIA DO AMOR, GEDULAH, A grandiosidade. Representa a JUSTIÇA DE DEUS. A equidade de Deus (Nietzche considerava o número 4 como a representação da perfeição)

São os anjos de luz, representados por Júpiter. Deste Sephira emana a quinta potência,

5) GEBURAH

feminina e passiva, representa a SEVERIDADE, FORÇA, CORAGEM e JUSTIÇA. Também é denominado o MEDO. Seu arcanjo é KHAMAEL, a MÃO DIREITA DE DEUS, sua ordem é a dos serafins ou POTESTADES.

Em hébreu serafim é serpente, ou consumir, são as SERPENTES IGNEAS, que movimentam e consomem a força primordial que corre entre os CHAKRAS, a energia KUNDALINI o fogo ígneo criador.

Seu planeta é MARTE.

6) TIPHERET

é originado de CHESED e GEBURAH, beleza e benignidade, é o CORAÇÃO da árvore saphirotal, o lugar ocupado pelo MESSIAS, o CRISTO.

Seu arcanjo é MICHAEL, o SEMELHANTE A DEUS, são os REIS.

Marca a união entre o divino e o humano, o macro e o microcosmo. É o véu que deve ser penetrado por aquele que queira ampliar a consciência pela coluna central da árvore da vida, para se libertar da ilusão da humanidade, sua ilusão que deve ser CRUCIFICADA e entrar em unidade com o UNO.

Estas formas são invocadas para apressar a evolução humana no despertar das forças ocultas nos centros de energia, CHAKRAS, existentes no homem, e auxiliam em todos os trabalhos do oculto.

Os Sephiras que se seguem representam o SEMBLANTE MENOR.

7) NETZACH

Representado por HAMIEL, é a graça de Deus, o anjo intermediário entre Deus e os homens e é auxiliado por intermediários denominados BENI ELOHIM os ARCANJOS.

8) HOD

o ESPLENDOR dos EXÉRCITOS, representam os BENI ELOHIM, os auxiliares. Seu anjo é RAFAEL, o médico divino.  Negativo, feminino, engloba a mente inferior e o CORPO MENTAL.

9) YESOD

Produzido por HOD e NETZAH, são os QUERUBINS e seu arcanjo GABRIEL., os anjos guardiões.  Deus – homem, andrógino, envolve o CORPO ETÉRICO do homem.

É o anjo que manifesta os elementos sutis básicos: água, fogo e ar.

10) MALKUTH

o último Sephira é o REINO, o UNIVERSO MATERIAL, a multidão dos redimidos, o anjo ISHIM, a terra MÃE, o véu da matéria primordial ou natureza física.

está associado á dois arcanjos: METATRON e SANDALPHON, o anjo negro, SHAKTI densamente material, a TERRA é considerada o local de aceleramento do KARMA F’SICIO do HOMEM. O anjo do karma pessoal, e relacionado à raça humana como um todo. Inclui a totalidade da natureza física onde vivemos para atingir nosso despertar de consciência e nos tornarmos unos com Deus através dos ensinamentos do messias JESUS, o CAMINHO A VERDADE E A VIDA.

arvore arvore2 arvore3 arvoredavida04

 

 

 

 

Magia e Feitiçaria, e afins

Existe a energia da natureza, a força gerada pela rotação do planeta que se manifesta em tudo que está sobre o planeta, esta energia da natureza, do planeta, algumas religiões denominam de Espírito Sant0.

As bruxas, magas, os shamans, os sacerdotes, os que são considerados mediadores entre os homens e esta energia, podem usar a mesma de duas formas: a forma egoísta, a feitiçaria, a macumba, o voodoo, por exemplo, quando esta energia é direcionada através do pensamento para fins próprios, como coisas materiais, ou o malefício de alguém.

A outra forma de uso do Espírito Santo ou energia natural é a forma que Jesus denominou de lei maior: o amor. Jesus, um espírito encarnado num corpo físico, já havia encarnado no planeta antes, e deixou exatamente a mesma idéia: amar o próximo, usar a energia da terra em benefício de alguém, nas curas, na manutenção de outros elementos e seres viventes deste planeta.

Ambos são magia, ambos são usos da energia, ambos são fenômenos físicos de alterações de energia direcionados pelo pensamento, algo hoje aceito e comprovado por experimentos em nível quântico.

O resto é apenas léxica.

Demônio, Lúcifer, Satan, são anjos criados por deus à quem foi dado o planeta, ou seja, tudo que concerne à elementos físicos deste planeta é de Lúcifer, e a energia maior que envolve este planeta e todos os outros eventos astronômicos existentes é Deus, ou Logos, ou Inteligência Superior ou Providência divina.

Agora pára de ficar se lamentando e usa esta energia pra se tornar uma pessoa melhor.

Existem muitos mundos além deste.

The Universe / O Universo

If you fell outward to the limit of the universe, would you find a board fence and signs reading DEAD END? No. You might find something hard and rounded, as the chick must see the egg from the inside. And if you should peck trough that shell (or find a door) , what great and torrential light might shine trough your opening at the end of space? Might you look trough and discover our entire universe is a part of an atom on a blade of grass? Might you be forced to think that by burning a twig you  incinerate an eternity of eternities? That existence rises not to one infinite but to an infinity of them? (…) how is possible to live beyond infinity?

The great mystery the universe offers is not life but size. Size encompasses life. (…) The child, who is most at home with wonder says: Daddy, what is above the sky? And the father says: The darkness of space. The child: what is beyond space? The father: the galaxy. The child: beyond the galaxy? The father: another galaxy. The child: Beyond the other galaxies? The father: no one knows.

Size defeats us. For the fish, the lake in which he lives is the universe. What does the fish think when he is jerked up by the mouth trough the silver limits of existence and into a new universe where the air drowns him and the light is blue madness? Where huge bipeds with no gills stuff it into a suffocating box and cover it with wet weeds to die?

Se voce sair dos limites do universo será que vai aparecer uma placa com os dizeres: SEM SAÍDA? Não. Você pode encontrar algo duro e redondo, como um pássaro deve ver o ovo por dentro. E se você conseguir quebrar através do ovo (ou encontrar uma porta) que tipo de luz imensa e deslumbrante deve brilhar da sua abertura até o fim do espaço? Será que você enxergará através disso e descobrirá que nosso universo inteiro é parte de um átomo em uma folha de grama? Então você será forçado à pensar que queimando um pequeno galho você estará queimando a eternidade das eternidades? Que a existência surge não apenas em um infinito mas numa infinidade deles? (…) como é possível viver além do infinito?

O grande mistério que o universo oferece não é a vida mas o tamanho. O tamanho define a vida (…) A criança, que geralmente está em casa cheia de dúvidas diz: Papai, o que tem depois do céu? E o pai diz: a escuridão do espaço. A criança: e além do espaço? O pai: a galáxia. A criança: e além da galáxia? O pai: outra galáxia. A criança: e além das outras galáxias? O pai: ninguém sabe.

O tamanho nos derrota. Para o peixe, o lago em que vive é o universo. O que o peixe pensa quando é arrancado pela boca através dos limites prateados da existência e para dentro de um novo universo onde o ar o afoga e a luz é um azul enlouquecido? onde enormes bípedes sem guelras o enfia em uma caixa sufocante e o cobre de algas molhadas até que morra?

 

(from the book of Stephen King: The Gunslinger/ do livro de Stephen King O Pistoleiro)