seis meses de veganismo

Depois de retirar os bichos mortos do meu prato, comecei a assistir vários vídeos sobre fazendas leiteiras. Como sou veterinária já tinha visitado estas fazendas algumas vezes durante a faculdade, mas é estranho, na faculdade eu parecia distante dos animais, eu os via como os carnistas vêem, como coisas, não como seres vivos , com sentimentos. Eu me envergonho muito disso hoje, e ao mesmo tempo acho que não teria conseguido terminar a faculdade se naquela época eu pensasse e sentisse como hoje.

As vacas leiteiras sofrem IMENSAMENTE mais do que as vacas e bois de abate. Porque estes últimos, com exceção dos criados internamente, vivem soltos ate o momento do abate. Vou fazer um adicional aqui pra lembrar que os porcos, que são três vezes mais inteligentes que os cachorros, vivem suas vidas MISERAVELMENTE ate o momento do abate. Os porcos e as galinhas são sem duvida os animais que MAIS sofrem na industria da morte.

As vacas leiteiras para produzirem seu leite são inseminadas artificialmente (literalmente estupradas) e após o nascimento do bezerro, este é retirado de perto dela, sem que ela tenha a chance de cuidar dele. (o bezerro é preso em correntes ou em gaiolas e é depois morto para ser vendido como carne de vitela)

Após esta experiência no mínimo traumática, uma mãe que não tem a chance de cuidar do seu próprio filho, ela tem seu ubere (suas tetinhas) envolvido em aparelhos de sucção ou é ordenhada manualmente diariamente (varias vezes ao dia), tendo seu leite então roubado dela e seu corpo traumatizado pelos aparelhos ou por mãos humanas. O ubere das vacas leiteiras está constantemente propenso à ter infecções por estes traumas, a chamada mastite, e contra isso é dado à estas vacas quantidades grandes de antibióticos, transformando o seu leite roubado em literalmente uma mistura de pus e antibióticos.

Como do leite roubado vem os queijos e a manteiga e todos os outros derivados acho desnecessária qualquer explicação posterior do porque de não consumir mais estes produtos. Se depois de saber de todo este sofrimento você continua consumindo, infelizmente, você não tem alma.

Alem do leite e derivados também não como mais ovos. Como já disse antes, a criação de galinhas é uma das mais cruéis que existe. Na maioria dos casos elas são colocadas em gaiolas superlotadas , passam por superexposição à luz para aumentar seu consumo de comida, e tem seus ovos postos em canaletas. Dai você para pra pensar: os ovos são os filhotes das galinhas, e elas não tem sequer a chance de fazer um ninho ou cuidar dos ovos, elas sequer sabem que os ovos não estão fertilizados, elas só sofrem, continuamente, durante toda a sua vida para terem seu ovos roubados. Este sofrimento todo vale seu ovo no prato? Se você acha que vale, seu pecado é sua própria existência. E só pra lembrar mesmo as galinhas criadas fora das gaiolas também sofrem durante toda a sua vida.

Recomendo assistir os vídeos (disponíveis no youtube) A Carne é Fraca e Earthlings

Só não consegui ainda descobrir como ser uma vegana sem raiva, parece simplesmente que meus olhos foram abertos subitamente e vejo todos os outros cegos e rindo de mim, como se eu estivesse louca, e eu vejo que todos eles é que estão loucos, por usarem, torturarem, estuprarem e matarem os animais que NÃO são nossos!!!

Sim, é possível viver uma vida sem usar nenhum produto de origem animal, basta acreditar , amar e QUERER! (suplementos únicos que eu uso: ferro e vitamina B12)Produção1

Mude o mundo

seja vegan